SOMOS TODOS APRENDIZES!

Com a mesma medida que medirmos seremos medidos também.
“Não jul­gueis, e não sereis julgados. Pois, vós sereis julgados com o mesmo julgamento com que julgardes; e sereis medidos, com a mesma medida com que me­dirdes. Por que observas o cisco no olho do teu irmão, e não prestas atenção à trave que está no teu próprio olho? Ou, como podes dizer a teu irmão: ‘Deixa-me tirar o cisco do teu olho’, quando tu mesmo tens uma trave no teu? Tira primeiro a trave do teu próprio olho, e então enxergarás bem para tirar o cisco do olho do teu irmão”.
Quando olhamos para o outro e percebemos “ as suas falhas, nós, descobriremos as nossas próprias limitações e sintonias.


Quando o erro do outro chama por demasiado a atenção e passa a ter tanto valor para nós é porque esquecemos que também somos aprendizes.


A nossa maneira em julgar ou avaliar torna-se então um motivo para que sejamos também avaliados ou julgados.

Na mesma medida ou sintonia em que nós medimos as ações dos outros nós também seremos medidos por identidades.


Precisamos estar conscientes de que todos nós temos limitações e precisamos de ajustes. Cada ser humano tem suas crenças, hábitos e escolhas e também motivações para crescer ou decrescer.
A chave é estarmos conscientes do atraimos, e vibrarmos cada vez mais e mais elevado para sair das identidades negativas e experimentarmos ser solução deixando de ser carrasco ou juiz.


Cada pessoa tem seus desafios e histórias e precisa sempre de bons exemplos em ensinamentos vivos para exercer maior compreensão das causas das desordens ou das desarmonias.
Todos nós temos a capacidade para grandes transformações, assim sendo, precisamos cuidar de nos ajuizar em entendimentos e verificar mais vezes as nossas atitudes.


Na medida do crescimento de cada ser surgem as atitudes harmônicas que oferecem possibilidades de confortáveis avaliações para tentar melhorar as nossas relações com os nossos parceiros dos aprendizados sociais e espirituais.


Perdoe os aprendizes e aprenda a se perdoar compreendendo suas próprias dificuldades para aumentar suas sintonias e direitos de viver a paz.

Arleime Fogaça

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mantras Alquimicos