Karma e Superações

A Lei do Karma diz: você colherá o que você plantou.

Para mudar as baixas frequências é precioso ter ferramentas de superação das Alquimias Quantum OR.

A Lei de Newton diz: para cada ação há sempre uma reação oposta e de igual intensidade.

O Karma é “o fruto de nossas sementes plantadas ou ações feitas”, onde gira a Roda de Sansara (roda das encarnações no conceito tibetano).

Parte do Karma é fixo e outras mutáveis,pois podemos alterá-la com o nosso livre-arbítrio, dependendo exclusivamente de cada um de nós.

Os Karmas que representam nosso destino são:

1 – Sanchita Karma: corresponde ao nosso Karma acumulado, representado por todas nossas ações de vidas anteriores.

2 – Prarabdha Karma: corresponde ao Karma de nossa vida atual.

Os que representam nosso livre-arbítrio:
3 – Kriyamana Karma: é o nosso livre-arbítrio tomando atitudes para mudar nossas situações na vida atual.

4 – Agama Karma: é o nosso livre-arbítrio traçando planos de ação para o futuro.

Existem 3 níveis de Karma nos 4 tipos acima descritos:
1 – Dridha (Karma Fixo) – é o Karma que não podemos mudar, não importa nosso esforço.

2 – Dridha/Adridha (Karma Misto) – esse Karma pode ser mudando, mas somente com muito esforço de nossa parte.

3 – Adridha (Karma Mutável) – esse Karma pode ser mudado sem muito esforço.

O padrão kármico poder ser melhor 
esclarecido pelo Mapa Astral Védico indicando o provável equilíbrio dos Karmas, bem como a missão desta vida”.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mantras Alquimicos