A culpa, um sentimento destruidor?

A origem do sentimento de culpa é o não aceitar-se em auto julgamentos e a autocríticas dolorosas e punitivas.

Quando a opinião dos outros se torna mais importante que a sua própria, há um desequilíbrio
 da força sua interior.
Somos aprendizes de nós mesmos e dos outros também. Precisamos nos permitir ser melhor do que as dificuldades de cada momento.

É preciso coragem para tentar resolver a situação que despertou a culpa. Pensar sobre o assunto e tentar solucionar a questão, um verdadeiro antídoto para aliviar as condenações e libertar o coração.

Quando não nos aceitamos, nos cobramos nunca errar ou deixar de corresponder às expectativas alheias. Assim por medo e culpa, a vida paralisa.

Afinal, o que você pensa sobre si mesmo?
Que deveria ser outra pessoa, menos você mesmo?
Busque o seu coração em orações conectadas. Escreva seus pedidos de aprendizados para seguir adiante.
Nunca pense em destruir, mas sim em renovar e ir adiante.
O que você “acha” que o outro pensa de você, não pode torna-se mais importante do que você mesmo pensa sobre si.O resultado de valorizar demais a "Terra dos Palpites" é perder a individualidade de ser, por causa do medo de não ser amado!

Quando deixou de corresponder às expectativas do outro sentiu-se errado, sente-se culpado por isso. Reflita porque e responda-se? O aprendiz não pode se destruir, mas pode fazer o melhor a cada etapa. Ele pode ser mais gentil, mais corajoso, mais organizado,mais alegre, mais honesto, mais espiritualizado e muitas outras coisas. Tudo que te acontece é para ensinar sobre uma nova experiência em sua vida e não para destruí-la.
Prepare-se para esta nova fase,se ainda não sabe o que fazer busque saber mais, como solucionar o assunto.
Muitas vezes a situação de renovação pode parecer traição, mas esta trazendo mesmo, uma nova sintonia e te ensinando a renovar. Perder, é também ganhar espaços para uma nova vida.


A culpa por incrível que pareça também pode ser positiva, quando ela ensina a não atravessar os limites e direitos das outras pessoas. Se o erro é não ter respeitado o direito do outro, reflita sobre a questão. Quais os direitos e deveres de cada um? Quais as responsabilidades envolvidas? Existem leis do respeito , mas algumas são inventadas para controlar aos outros e outras necessárias à boa convivência.
Não se deve destruir o amor dentro de nós por causa de ninguém.Tentar exercer o amor por todos, entendendo a todos envolvidos como sendo aprendizes de si mesmos e não mestres.
Não somos obrigados a amar, mas convidados para que esta missão se realize ,afinal a "Fonte Criadora" é puro amor e suas criaturas também o são.
Exercício de Alívios:
Expire suavemente e inspire suavemente milhares de soluções . Acredite, milhares de oportunidades estão te aguardando para te tornar um aprendiz melhor. Conecte-se com a Luz Dourada do Céu Superior, criando um fio na sua coluna e queira o sol quentinho descendo do céu azul da esperança. Abra o coração e expire luz dourada através dele. Experimente? Esta pratica vai te iluminar as ideias e aliviar o seu peito. Expire suavemente o sol e depois inspire luz dourada profundamente.
Luz é paz!.
Arleime Fogaça

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mantras Alquimicos